Company of Heroes: Europe War

Fórum destinado à batalha organizada de Company of Heroes.
 
InícioInício  FAQFAQ  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Situação da Guerra até agora (início da batalha organizada)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
SuperSoca
Administração
avatar

Mensagens : 1898
Idade : 36
Localização : Santa Maria - RS

MensagemAssunto: Situação da Guerra até agora (início da batalha organizada)   Sex Mar 11, 2011 8:54 pm

Situação da Guerra em Junho de 1944
Início do Company of Heroes: Europe War

O objetivo do Company of Heroes: Europe War não é seguir a risca os fatos históricos, pois isto seria impossível de aplicar a um evento equilibrado. Porém toda a situação inicial foi montada dentro das melhores possibilidades possíveis para poder criar um ambiente divertido e justo para todos os jogadores, procurando preservar a base histórica da Segunda Guerra mundial.

Sendo assim, há alguns pontos à considerar.

Operation Avalanche
Data real: 3 de setembro de 1943
Data do Europe War: 3 de setembro de 1943

Operação Avalanche foi o desembarque Aliado na região sul da Itália continental. Devido às fortificações defensivas e ao apoio da Wehrmacht e Kampfgrouppe Lehr ao exército italiano, as forças Aliadas tiveram grande dificuldade de avanço ao ponto que em Junho de 1944 ainda não haviam conseguido tomar Roma.

Operation Overlord (O Dia "D")
Data real: 6 de Junho de 1944
Data do Europe War: 6 de Junho de 1944

No dia 6 de junho, os prognósticos meteorológicos se cumpriram. Conforme estava previsto, o Dia D amanheceu com ventos muito diminuídos em sua intensidade e massas de nuvens a grande altitude. Esses fatores ofereciam condições favoráveis para as operações aerotransportadas e também para o bombardeio prévio ao desembarque. Assim sendo, deu-se o desembarque nas praias da Normandia, ao Norte da França. Tropas americanas, britânicas, canadenses e tropas livres francesas desembarcaram e lutaram ferozmente, conseguindo estabelecer uma cabeça de praia.

Operation Dragoon
Data Real: 15 de Agosto de 1944
Data do Europe War: 9 de Junho de 1944

Operação Dragoon foi o desembarque Aliado no Sul da França, 3 dias depois do desembarque na Normandia. Tropas americanas, britânicas, canadenses e tropas livres francesas desembarcaram e lutaram, conseguindo estabelecer uma cabeça de praia. Foram feitas muitas tentativas de sabotagem, e ataques aéreos porem essas não se mostraram suficientemente eficientes a ponto de debilitar e confundir totalmente as forças do Wehrmacht como os Aliados previam.

Operation Bragation
Data Real: 22 de Junho de 1944
Data do Europe War: 9 de Junho de 1944

Operação Bragation foi a ofensiva soviética com o objetivo de retomar terreno e expulsar as forças alemãs para fora da União Soviética e da Polônia.


Exemplos Históricos de alguns atos que poderiam ter trazido maior equilíbrio ao rumo da Segunda Guerra Mundial (Históricos):

- Decisão errônea do General Von Rundsted durante a Invasão da França:

Durante a campanha da França, os aliados foram batidos pelos exércitos alemães. Três semanas após o inicio da luta os remanescentes da Força Expedicionária Britânica se encontravam encurralados em Dunquerque. Von Rundstedt sempre achou necessário poupar homens e armas, e pensava também que a tarefa de aniquilar o exército de tommies encurralado na praia, diante do mar, cabia à Luftwaffe (força aérea alemã). Os ingleses se defendiam desesperadamente, à espera da flotilha de socorro que o Almirantado estava organizando ás pressas e furiosamente. Uma batalha de aniquilamento, naquelas condições, significaria um dispêndio de forças alemães, que o general considerava despropositado. Mas bastou que dois dias de intensa neblina imobilizassem os Junkers de Goering, para que 350 mil tommies conseguissem atravessar a Mancha. A decisão de Rundstedt pode ser considerada um erro. Aquele corpo de expedição, reingressado à pátria, foi um dos elementos desfavoráveis que dissuadiram Hitler da projetada invasão da Inglaterra. (Wikipedia?)

- Joan Pujol García - O espião "Garbo":
Joan Pujol García (Barcelona, 14 de Fevereiro de 1912 — Caracas, 10 de Outubro de 1988) foi um agente-duplo que atuou durante a Segunda Guerra Mundial usando o codinome Garbo do lado aliado, e Arabal, Alaric ou V-319 do lado nazista.
Este catalão foi quem mais destacou-se no mérito de prover desinformação à Alemanha nazista: além de ter criado uma rede totalmente fictícia que chegou a ter 28 sub-agentes; desempenhou, juntamente com seu controlador do MI5, Thomas Harris, um papel fundamental na Operação Fortitude, fazendo com que os nazistas acreditassem que o iminente desembarque no continente europeu (Operação Overlord) se daria na região de Pas-de-Calais com um contingente ainda maior do que aquele que foi realmente utilizado no Dia D na Normandia.
Sua habilidade em consolidar uma reputação e confiança dos nazistas foi tamanha que, com Overlord já em andamento, convenceu-os de que, apesar da grande escala daquela operação, ela tinha caráter diversionista. A repercussão de sua mensagem (enviada no dia 8 de junho de 1944) fez com que a mesma chegasse ao próprio Hitler que, pessoalmente, ordenou que várias Divisões Panzer e de Infantaria que estavam se deslocando para reforçar a defesa da Normandia desviassem seu curso para Pas-de-Calais. Quatro semanas depois do início de Overlord, Calais somava 22 divisões à espera de uma ofensiva que nunca aconteceu.

Sendo assim Garbo é considerado um espião que definitivamente representou grande impacto no rumo da Segunda Guerra Mundial. Caso suas ações não tivessem acontecido, com certeza fortes mudanças a favor da Alemanha iriam acontecer. (Wikipedia, JUAREZ, Javier. Garbo: o espião que derrotou Hittler)

- Presença e autonomia do General Erwin Rommel e outros generais no front durante o desembarque do Dia D: Rommel que era um general que se destacava dos demais, foi responsáel por muitos dos melhoramentos na chamada "Muralha do Atlântico" o qual incorporava as defesas que os aliados encontraram ao desembarcar na Normandia. No Dia D, Rommel de licensa estava na Alemanha para comemorar o aniversário de sua esposa. Estudiosos acreditam que se Rommel estivesse no front no momento do desembarque, teria ordenado imediatamente suas divisões de blindados alemãs atacarem, dificultando enormemente a formação de uma cabeça de praia (ponto seguro para a chegada de reforços). Além do mais, quando foi trazido a situação ao conhecimento de Hittler, ele ordenou que Rommel tomasse o comando de apenas 3 divisões Panzer, o que era insuficiente para cobrir todos os setores ameaçados. Além disso Hittler ordenou que as demais divisões disponíveis sobre o comando do General Von Geyr ficassem na defensivamente na retaguarda para o OKW (Oberkommando der Wehrmacht) pois foi aconselhado que deslocá-las para as praias seria demasiado arriscado devido à aviação Aliada. Rommel por outro lado pensava que era melhor perder alguns blindados e impedir que os aliados estabelecessem uma cabeça de praia no Dia D, do que perder da mesma forma os tanques alguns dias depois para a aviãção sem tomar nenhuma atitude. Ridiculamente, no dia 6 de Junho, 6 divisões Panzer ficaram sem poder se movimentar pois os generais não tinham autorização do Hittler e sua equipe recusava-se a acordá-lo para relatar as notícias sobre a invasão. (KEEGAN, Jonh. 1989)

Cronologia da Segunda Guerra Mundial (Histórica):

http://pt.wikipedia.org/wiki/Anexo:Cronologia_da_Segunda_Guerra_Mundial


Última edição por SuperSoca em Sab Abr 23, 2011 10:04 am, editado 3 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://cohew.forumeiros.com
 
Situação da Guerra até agora (início da batalha organizada)
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Company of Heroes: Europe War :: Europe War :: Apresentação e Alistamento-
Ir para: